[Resenha] O outro lado de mim: Memórias, de Sidney Sheldon


- Ficha técnica
Título original: The other side of me: A Memoir
País de origem: EUA
Autor(a): Sidney Sheldon
Editora: Record
Ano: 2005
Número de páginas: 376



Vou começar confessando logo de uma vez: eu nunca li (pelo menos nunca tinha lido) um livro de Sidney Sheldon na vida. Minha madrinha sempre foi viciada nele, mas nunca cheguei perto. Foi como uma repulsa instintiva. Um preconceito, vou assumir logo.

Apesar disso, quando que ele iria viajar (farei depois um post sobre esses tais "livros viajantes" para quem possa ainda não conhecer o projeto), não perdi tempo e coloquei de uma vez meu nome na lista. Não foi nenhuma vontade louca e repentina de ler um Sidney Sheldon, foi mais minha compulsão por biografias mesmo.

No fim das contas, ele me chegou pelo correio e eu mergulhei. Tenho logo que dizer que a escrita dele não me impressionou em nada. Sério mesmo. Não vou ser incisiva nesse ponto, porque eu sei bem como uma tradução mais desleixada pode acabar com qualquer livro, e agora mesmo fico curiosa para saber se essa crítica deveria ser direcionada ao autor ou ao tradutor. Deixo para tirar essa dúvida quando tiver tempo e oportunidade de ler um dos romances dele no original.

Voltando para o que interessa: a história. Essa é muito boa. É uma daquelas histórias de superação. Ele fala sobre como era ficar no meio das brigas constantes dos pais, da dificuldade de sobreviver durante a crise de 1930, do sonho de ser escritor e daí em diante, até chegar ao estrelato, com os romances.

É uma daquelas histórias que servem para inspirar e me fazer sentir culpada por toda a minha procrastinação. E, ademais, só posso dizer que, agora, quando puder ler algum dos romances do autor, lerei.

7 comentários:

  1. Olá!
    Eu nunca li nada desse ecritor mas tenho muita vontade! Parece interessante!! bjus
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Tbm nunca li nada do Sidney Sheldon e nem tenho vontade. Não sei porquê mas os livros dele não me chamam atenção.
    E quanto a esse livro, eu não sou muito fã de biografias, entao tbm não me interessei.
    Bjo

    ResponderExcluir
  3. eu não sou lá muito fã de biografias, mas eu adoro os livros dele. ele não tem nenhum estilo genial de escrita, mas as histórias deles se prendem mesmo nos acontecimentos. eu li uns 4 ou mais, foram todos daqueles simples e rápidos que te prendem com uma trama interessante e quando você vê acabou. Se Houver Amanhã é daqueles que você pensa "meudeus, como o autor pensou em resolver assim?". E O Reverso da Medalha eu adoro. Vale a pena tentar ler algo dele..

    ResponderExcluir
  4. Tb nunca li nada dele, nem só tão fã de biografias, mas quem sabe um dia não leia só pra varial.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Ah, sou totalmente suspeita pra falar sobre Sidney Sheldon! Sou apaixonada pelos livros dele e já li quase todos! Realmente amo muito!
    Masss, como eu descobri a pouco tempo, quando fui falar um pouco sobre a vida e as obras dele no meu blog, apesar de tudo que ele já fez, a critica não o aprovou. Então existem pessoas que amam, existem pessoas que o odeia. É bem dividido mesmo! rsrs
    Mas eu ainda não tive a oportunidade de ler esse livro, mas não falta vontade! Deve ser ótimo e melhor ainda saber mais sobre a vida dele.
    Adorei a resenha!

    Beijosss
    Lana
    Hunters Culture

    ResponderExcluir
  6. Olá,vim te fazer uma visitinha e conhecer seu cantinho,aproveitei para seguir!
    Parabêns pelo Blog,se quiser me visitar,será muito bem vinda e se também quiser seguir,sinta-se mais do que em sua casa!

    Blog Uma Mulher bem Vestida

    ResponderExcluir
  7. Sou suspeita para falar do Sidney Sheldon [2] (risos) Como assim você teve preconceito durante todo esse tempo?! Agora você vai ter que correr atrás do tempo perdido :D
    Sou super fã dele, não pela narrativa em sim mas pelas histórias mesmo que são super bem escritas!
    Indico Conte-me seus sonhos e O reverso da medalha, acho que você vai gostar :)

    Beijos,

    Gabi
    Mundo Platônico
    http://gabiiem.blogspot.com/

    ResponderExcluir