Das Páginas para as Telonas: Como Treinar Seu Dragão

Boa noite, pessoas. Hoje é dia de discutir algumas adaptações cinematográficas dos nossos queridinhos. A bola de vez é uma obra/produção para pequeninos e, por isso mesmo, tão apropriado para nós, adolescentes e adultos. Afinal, quem não gosta com diversão despretensiosa com um fundo moral para descontrair a vida?


O primeiro livro da série "Como Treinar Seu Dragão", da autora Cressida Corwell (resenhado aqui), foi adaptado para o cinema em 2010. Ou não... Porque "adaptação" realmente não me parece o termo mais adequado para definir a conexão entre as obras. Talvez "remotamente inspirado" seja melhor.

Enquanto eu defino o livro como "muito engraçado", o filme caiu para mim mais como um "fofinho". Não que o filme não tenha partes divertidas, muito pelo contrário, mas o tom é completamente diferente.

E não é só o tom que tem uma grande diferença de uma obra para a outra. A história também é completamente diferente. O Soluço ainda é o filho desajeitado do chefe de uma tribo viking, e ele ainda é a vergonha da família, e os vikings e os dragões ainda são grandes inimigos e tudo o mais, então pode-se dizer que o "plano de fundo" é mais ou menos o mesmo, mas as semelhanças basicamente param aí.

No livro, para começo de conversa, os vikings usam os dragões como um tipo de "escravos", animais para todos os propósitos, e cada um dos aprendizes precisa entrar em um ninho de dragão e capturar seu próprio mascote. É aí que entra outro ponto crucial: o Soluço é tão ridículo que ele só consegue pegar o mais tosco dos dragões (que não tem nada de especial, como no filme).

Apesar disso (e ainda que de formas diferentes), o Soluço também aprende alguns truques que facilitam o "treinamento" do dragão, o que - pelo menos no filme - traz bons resultados.

Por todo o exposto acima, eu não classificaria as duas obras como "versões diferentes de uma mesma história", mas antes como histórias bem diferentes unidas por um título e um tema comuns. Apesar disso, ambas são muito boas do seu próprio jeito e são ótimas indicações.


Título original: How to Train Your Dragon
Gênero:  Animação
País: EUA
Diretor: Dean DeBlois, Chris Sanders
Ano: 2010

8 comentários:

  1. Olá, acabo de visitar seu blog e segui-lo. Lhe desejo foco, sucesso e força. Que conquiste muitas realizações através do mesmo. E também convido você e seus/suas leitores/leitoras a conhecer o meu blog: toobege.blogspot.com.br . Beijinhos e espero você lá também *0*

    ResponderExcluir
  2. Eu morria sem saber que tinha um livro de onde o filme foi inspirado rsrs
    E eu adoro o filme *__*
    Mas fiquei curiosa para ler o livro!

    ResponderExcluir
  3. Gostei de seus comentários linda! não li a obra, mas o filme é "fofinho" mesmo hahahah Mas as vezes essas mudanças sejam boas, como Witches of East End, q vi a serie e li o livro. Se a serie seguisse o caminho do livro acho q seria bem chatinho =/
    vou conferir o livro quando puder então!
    Se gosta de contos eu postei uma proposta literária no blog, se quiser participar é mais que bem vinda!
    Bjus bjus!
    Pan
    Pan's Mind - Proposta Literária! - Aqui o roteiro é seu!

    ResponderExcluir
  4. Oi, Paloma!

    Vi seu blog no grupo Blogueiros Literários e vim aqui te visitar e seguir. :)

    Beijos!

    www.oblogdasan.com

    ResponderExcluir
  5. Ainda não li o livro nem vi o filme, mas tenho vontade de fazer os dois.
    Mesmo você tendo falado que não são tão parecidos, ainda prefiro ler o livro primeiro para depois ver o filme.
    Bjo

    ResponderExcluir
  6. Amo esse filme <3
    E amo vc <3

    (mas nunca li o livro, haahahaha)

    ResponderExcluir
  7. Eu nunca li os livros, mas adoro o filme, ahahha, acho tão fofiiiiiiiiiiiiiiiinho! Quero ver o segundo agora, porque morri de rir nos trailers, aehuaehauhe

    Beijo!

    Raquel Moritz
    www.pipocamusical.com.br

    ResponderExcluir
  8. Eu amo, amo e amo esse filme. Eu já sabia da existência do livro, mas independente deles, eu amo esse filme.
    Banguela é muito amor ♥
    Acho o filme muito fofinho e bem divertido!

    Bjs
    Tacila Porto
    Carinho das Palavras

    ResponderExcluir